Queixava-se de estar a ser roubado, e Cavaco Silva roubou-o ainda mais!

cavaco-banana-400-web.jpg

«Residente em Campo Maior, o homem conta que tinha ido a Elvas com a família ver a exposição de material militar que foi montada na Mata do Emigrante por ocasião das comemorações do Dia de Portugal quando viu acercar-se a comitiva com Cavaco. Os impropérios motivados pela indignação com o estado a que chegou o país saíram-lhe ligeiros: “Vai mas é trabalhar! Sinto-me roubado todos os dias”, recorda ter disparado em direcção ao Presidente.

Nesta quarta-feira foi condenado a 200 dias de multa, a uma razão de seis euros e meio por dia, o que perfaz 1300 euros – quantia superior ao ordenado que aufere mensalmente.»

Multado em 1300 euros por mandar Cavaco trabalhar


Não há aqui uma proporcionalidade desejável na pena aplicada. O homem que se dizia roubado vai pagar uma multa superior ao seu salário mensal! – só porque se queixou de estar a ser roubado com impostos obscenos. Cavaco Silva roubou o desgraçado pai de família que se queixava de estar já a ser roubado.

Neste país, quem se queixa de estar a ser roubado acaba por ser mais roubado. O melhor é ser roubado e estar caladinho (se não, leva no focinho).

É a primeira vez que vejo alguém chateado porque o mandam trabalhar. Normalmente, o trabalho enobrece a condição humana. Mas parece que Cavaco Silva entende o trabalho como o tripalium dos escravos romanos, ou seja como um insulto. Não há muito mais a esperar de quem não fez os liceus.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Geral com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s