A Natureza é heteronormativa e homofóbica!

Camaradas!

Como é do vosso conhecimento, a Bíblia diz que Deus criou a Natureza; e por isso é que a Natureza é heteronormativa e homofóbica. Se virmos bem, o facto de só a mulher poder parir e o homem não, é uma perversão de Deus que se reflectiu no modo como ele criou a Natureza. Como é óbvio, Deus é a favor da desigualdade entre o homem e a mulher, porque só a esta deu a faculdade de parir.

Por isso, é obrigação e obrigaçona de todos os progressistos e todas as progressistas e, principalmente e principalmenta, os militantes e as militantas do Bloco de Esquerda e da Bloca de Esquerdo, combater a Natureza porque é criação de Deus.

Face à obra reaccionária de Deus que é esta Natureza injusta, homofóbica e heteronormativa, devemos levantar-nos das cadeiras ao mesmo tempo e afirmar a nossa Grande Recusa e dizer: “Recuso a Natureza!”. E, a partir dessa Grande Recusa progressista, passamos nós próprios a criar a nossa natureza que é a de que cada um quiser.

Por exemplo, se um cidadão quiser ser cão, é uma injustiça que a direita reaccionária e fascista impeça esse indivíduo de ser cão, impondo-lhe o estatuto precário, retrógrado e bíblico de “ser humano”. O mesmo se passa com a vontade de um cidadão de ser veado: mesmo que faltem os chavelhos, devemos combater a Natureza e considerá-lo, nós próprios e independentemente da Natureza e de Deus, um chavelhudo.

Camaradas!

Essa coisa de o casamento ser entre um homem e uma mulher foi uma invenção da Igreja Católica aliada à Natureza, à Bíblia e a Deus. Portanto, devemos recusar essa ideia reaccionária segundo a qual o casamento é entre um homem e uma mulher. Por exemplo, um homem pode casar-se com um cão, e uma mulher pode casar-se com um veado; e todos eles podem casar-se uns com os outros formando uma grande família – porque nós, no Bloco de Esquerda, defendemos a ideia progressista segundo a qual a família é o que cada um quiser que seja.

Ao contrário do que dizem os reaccionários e a Igreja Católica, as famílias numerosas não dependem do número de filhos, mas antes dependem do número de pessoas casadas umas com as outras. Por exemplo, uma família que resulte de um casamento entre 10 homens e 13 mulheres, dois cães e três veados, é uma família numerosa.

Em função de tudo isto, o Bloco de Esquerda adere à Teoria de Género que é uma teoria científica contra a Natureza feita por Deus. Na medida em que foi Deus que criou a Natureza, a ciência deve também ser contra a Natureza e recusar as leis naturais. Um cientista que se preze como tal não deve aceitar, por exemplo, as leis da gravitação, porque também estas existem na Natureza e foram criadas por Deus. A Natureza é a granda inimiga a abater – até porque é sexista, na medida em que não existe Naturezo (no masculino), mas apenas Natureza (no feminino).

A luta contínua! A vitória é certa!

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Homofascismo, Politicamente correcto com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s