O desacordo ortográfico visto por dois docentes da FDUC

« Com o Acordo Ortográfico (AO), Portugal, acometido de um juridicizante voluntarismo excessivo, tristemente capitulou perante um patente abastardamento da língua portuguesa, coonestando, à guisa de autoflagelação, uma arremetida contra importante vertente do seu riquíssimo – velho, de quase nove séculos -património histórico e cultural. »

— ” O chamado ‘novo acordo ortográfico’: um descaso político e jurídico “, por José de Faria Costa, e Francisco Ferreira de Almeida, Professores da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Politicamente correcto com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s