É preciso resistir e contrariar o Papa Francisco I

« A church without women would be like the apostolic college without Mary. The Madonna is more important than the apostles, and the church herself is feminine, the spouse of Christ and a mother.

The role of women doesn’t end just with being a mother and with housework …we don’t yet have a truly deep theology of women in the church. We talk about whether they can do this or that, can they be altar boys, can they be lectors, about a woman as president of Caritas, but we don’t have a deep theology of women in the Church. On the ordination of women, the church has spoken and said no. John Paul II, in a definitive formulation, said that door is closed. »

Palavras de Francisco I, respigadas aqui.

Este Papa é um desbocado: quando abre a boca, ou sai asneira ou entra mosca. Num momento em que a maternidade precisa de ser reafirmada na nossa sociedade abortista, o atoleimado do Vaticano vem dizer que “the role of women doesn’t end just with being a mother“.

A ideia deste Papa, segundo a qual “as mulheres foram excluídas da Igreja, no passado”, só pode vir de um tonto. As mulheres assumiram sempre um papel importantíssimo na Igreja Católica, embora diferente, em alguns domínios, do dos homens.

Temos um tontinho politicamente correcto como Papa. Mas trata-se de um tonto intencional, revolucionário e malévolo. Temos o dever de contrariar este Papa.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Politicamente correcto com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s