A manifestação ensurdecedora do anti-Cristo nos me®dia

 

In Jesus Christ, there is no distance or separation between the medium and the message. It’s the one case where we can say that the medium and the message are fully one and the same.”

“This could be the time of the anti-Christ,” McLuhan said in 1977, alluding to media’s potential to reach every human being on earth at the same time. “It is Lucifer’s moment … The age in which we live is certainly favourable to an anti-Christ.”

Marshall McLuhan

O Papa Francisco I reduziu o papado a um bispado: o seu estilo e comportamento levam à dissolução do papado na sua estrutura formal. E, do ponto de vista do conteúdo da mensagem do cardeal Bergoglio, os erros filosóficos e teológicos objectivos são gritantes e auto-evidentes.

É fácil dizer aos me®dia que 300 mortos em Lampedusa são uma desgraça. Mais difícil é dizer aos me®dia que é uma maior desgraça que 300 crianças sejam abortadas todos os dias em Itália.

Com o Concílio do Vaticano II, a igreja quis “abrir-se ao mundo”. E qual foi o resultado? Os seminários estão vazios, os não-crentes invadiram a estrutura da Igreja Católica, e finalmente temos um Papa que interpreta esse espírito do Concílio ex-cathedra.

Como dizia Marshall McLuhan: os me®dia criam uma ficção que se torna uma cópia substitutiva do Corpo Místico, e que é “uma manifestação ensurdecedora do anti-Cristo”. E o cardeal faz parte desse Ersatz do Corpo Místico.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Politicamente correcto com as etiquetas , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s