A União Europeia é um delírio: os políticos não sabem o que significa “trabalhar”

 

Isto não pode ser feito desta maneira:

“O Parlamento Europeu (PE) aprovou hoje uma proposta para aumentar a representação feminina das mulheres nos conselhos de administração das empresas de forma a atingir pelo menos 40 por cento até 2020.

A proposta estabelece que “as empresas cotadas em bolsa da União Europeia deverão implementar procedimentos de selecção transparentes de modo a aumentar a representação das mulheres nos conselhos de administração para, pelo menos 40% até 2020”, refere nota do parlamento europeu.”

ceo-femalesOs políticos são, em geral, sibaritas que não sabem o que é trabalhar em uma empresa. Muitos deles não sabem sequer o que significa a palavra “trabalho”: para eles, trabalho é estar sentado numa cadeira e levantar a mão de vez em quando.

Por este andar, um dia destes vamos ver o parlamento europeu decidir o seguinte:

  • 5% dos conselhos de administração das empresas terão que ser muçulmanos;
  • 5% dos conselhos de administração das empresas terão que ser pretos
  • 5% , idem, terão que ser homossexuais;
  • 5%, ibidem, terão que ser jovens com menos de 30 anos;
  • 5%, ibidem, deficientes motores
  • 5%, ibidem, terão que ser representantes dos partidos políticos;
  • 35%, ibidem, terão que ser homens;
  • 35%, ibidem, terão que ser mulheres;
  • O dono da empresa não tem voto nem nesta nem em qualquer outra matéria.

Esta decisão do parlamento europeu “vai dar com os burros na água”: por um lado, vai dar razão a Marine Le Pen e a Geert Wilders, entre outros movimentos políticos como a Aurora Dourada grega, acerca desta União Europeia; e por outro lado, quando as empresas começarem a ter problemas de gestão, vamos ver a pressão das empresas e da opinião pública no sentido da dissolução desta União Europeia.

Note-se que eu não sou contra a igualdade de oportunidades entre os dois sexos: o que eu digo — e qualquer pessoa com um mínimo de senso diria também — é que a igualdade de oportunidades não vai lá com quotas.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Politicamente correcto com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s