¿Por qué no te callas, Bergoglio?

 

 

“Isso não quer dizer que o cristão deve fazer filhos “em série”. Conheci uma mulher há alguns meses numa paróquia que estava grávida de sua oitava criança, que tinha tido sete cesárias. Mas ela quer deixar 7 filhos órfãos? Isso é tentar a Deus. Eu falo de paternidade responsável. Este é o caminho, uma paternidade responsável (…)

Alguns acham que — perdoe a expressão – para sermos bons católicos, temos que ser como coelhos.”

É o seguinte: o papa Bergoglio pensa que os católicos, em geral, são atrasados mentais; e, a julgar por muitos que eu conheço que têm um pensamento acrítico acerca do “papa Francisco”, são mesmo atrasados mentais!

Se uma mulher quiser ter oito filhos e tiver possibilidades económicas para os ter — mesmo que ela tenha tido sete cesarianas —, ¿isso é “tentar Deus?! E o que dizer daquelas mulheres que, estando com uma doença grave, preferem morrer para que o seu filho possa nascer? Também é “tentar Deus”?! Também é “maternidade irresponsável”?

¿Por qué no te callas, Bergoglio?!

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Igreja Católica com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s