Dominique Strauss-Kahn é tarado sexual porque não é gay

 

“A má reputação de tarado sexual e de doente a necessitar de tratamento já ninguém lha tira. Foi o seu ex-amigo Michel Rocard, referência política e moral dos socialistas franceses, que, ao referir-se aos estrondosos escândalos sexuais protagonizados por Dominique Strauss-Kahn (DSK), carregou num ponto onde dói muito ao antigo diretor geral do FMI. “Ele sofre de uma doença mental, necessita de tratamento”, comenta o ex-primeiro-ministro francês.”

Strauss-Kahn está na lama e não pode cair mais baixo. Escândalo sexual em julgamento

O problema de Dominique Strauss-Kahn é não ser gay. Se ele frequentasse regularmente uma sauna gay, não teria os me®dia escandalizados com o seu comportamento: pelo contrário, seria louvado pelos me®dia não só como “vítima da sociedade”, mas também como uma “pessoa moderna e de vistas largas”.

Um gay que tem mais de 1000 parceiros sexuais é uma pessoa normal (segundo o psiquiatra Júlio Machado Vaz), e qualquer crítica ao seu comportamento é considerada “homofóbica”. Mas quando Dominique Strauss-Kahn entra em orgias com múltiplas mulheres, então ele é “tarado sexual”. 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Política, Politicamente correcto. ligação permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s