Só nos faltava, neste governo, ter de aturar a Teresa Morais!

 

“Após ouvir as sugestões das empresas, nomeadamente, a importância de “sensibilizar os accionistas” que definem a escolha final nas administrações, a secretária de Estado considera que, tal como noutros países europeus, “não se pode descartar” a possibilidade de introdução de quotas de género nos conselhos de administração se as empresas portuguesas não aumentarem o número de mulheres em cargos de topo.”

Governo ‘ameaça’ empresas com quotas de género nos conselhos de administração

ceo-females1¿Agora o Estado vai impôr às empresas privadas os membros dos respectivos conselhos de administração? Mas que porra é esta?! Que PPD é este?! Se este partido é “liberal”, o que será o Partido Comunista?!

Tomem nota do nome: Teresa Morais — a “liberal” do Partido Social Democrata que alinha com o politicamente correcto.

Invocar ordens da União Europeia é falácia, porque a União Europeia deixa a cada Estado membro a liberdade de seguir ou não esta recomendação. A União Europeia recomenda; não impõe.

Continuem a votar no Partido Social Democrata… ou no Partido Socialista, que é a mesma trampa! Vai dar no mesmo!

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Política, Politicamente correcto, Portugal com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s