O valor da Mulher Doméstica Que Pensa

 

Laura Wood album vintageLaura Wood escreve em um blogue: The Thinking Housewife (“a mulher doméstica que pensa”). Ela sabe que aquilo que escreve tem valor, embora lhe dê trabalho e lhe custe dinheiro sustentar o blogue. Ela poderia simplesmente reduzir custos da sua família e fechar o blogue, e dedicar o seu tempo livre a fazer outras coisas.

Por isso,  Laura Wood lançou uma campanha de donativos dos leitores no valor de dez mil dólares. Nem mais nem menos. Neste momento faltam 274 dólares para se chegar aos 10.000, que é o valor que Laura Wood estimou que o seu trabalho e custos no blogue valem neste momento.

Não se trata de mercantilismo: trata-se de reconhecimento do valor.

Reconhecer o valor não significa que esse valor possa ser comprado e vendido discricionariamente no mercado. Reconhecer o valor  implica demonstrá-lo com actos práticos, e não apenas com meras intenções ou encómios verbalizados. Reconhecer o valor é, em si mesmo, um valor.

Naturalmente que os donativos ajudam a pagar as despesas de manutenção do sítio, mas os donativos são apenas  uma consequência do reconhecimento do valor. Os donativos são um meio, e não um fim em si mesmos. O que importa é o valor, e os donativos acabam por ser apenas uma das formas de reconhecimento do valor.

O que Laura Wood fez só pode acontecer nos Estados Unidos, e em mais nenhum país do mundo ocidental. Paradoxalmente, nos Estados Unidos ainda existe o sentido de “comunidade”.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em cultura com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s