Vírus da estupidez: é preciso testar a nossa classe política

 

esquecimentoCientistas da Johns Hopkins Medical School identificaram um vírus misterioso a que deram o nome de Chlorovirus ATCV-, e que tem como característica alterar a expressão dos genes do cérebro humano, fazendo com que o ser humano perca faculdades cognitivas e se torne estúpido.

Testes efectuados revelaram que 45% das pessoas testadas estão infectados com o vírus da estupidez. Ora, esta percentagem tão alta de infecção de estúpidos deve preocupar o eleitor: ¿até que ponto a maioria da classe política não está infectada com o vírus da estupidez? Pode até acontecer que a infecção do vírus da estupidez seja a condição de progressão na carreira política — um reforço teórico daquilo a que Olavo de Carvalho chamou de “imbecil colectivo” .

Quando o António Costa não pagou a SISA e a contribuição autárquica, ou quando Passos Coelho não pagou às SS (Segurança Social), pergunto-me se o vírus Chlorovirus ATCV- não terá nada a ver com esses factos: é que uma das características do vírus da estupidez é o de que afecta seriamente a memória!

Anúncios
Esta entrada foi publicada em A Vida Custa com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s