Só quando a vítima é muçulmana, o laicismo é odioso

 

alunas-islamicas-webO jornal Púbico, através de uma tal Sofia Lorena, manifesta o seu escândalo acerca da lei francesa do laicismo de 2004: uma jovem muçulmana foi proibida, por duas vezes, de entrar na escola com uma saia comprida, sendo que a saia até aos pés é um símbolo religioso do recato muçulmano. A lei laicista francesa exige que as moças se manifestem como putas, com as saias pelo cu.

Porém, convém dizer que a dita lei de 2004 proíbe também o uso de crucifixos cristãos.

Mas nunca vimos o jornal Púbico e a tal Sofia Lorena a referir-se à proibição de entrada de alunos nas escolas francesas com crucifixos ao peito: pelo contrário, tudo o que seja anti-cristão é bem-vindo pelo jornal Púbico e pelo patrão Belmiro de Azevedo. É típico do politicamente correcto nos me®dia portugueses vitimizar os muçulmanos e fazer vista grossa em relação à perseguição política em relação aos cristãos.

Aliás, Marine Le Pen subscreveria a lei francesa do laicismo de 2004. Não há partido político mais laico em França do que a Front Nationale de Marine Le Pen.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Política, Politicamente correcto com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s